Número atual
Vol. 6, 2021

Vol. 6, 2021

Revista Científica Perspectivas em Medicina Legal e Perícias Médicas – Ano 6, 2021 – Publicação contínua


Idiomas aceitos: Português, Inglês, Espanhol
Periodicidade: publicação continuada
Data de publicação: 2021

Editorial

Carta do Editor

Vol. 6, 2021

Perspectivas, órgão oficial da Associação Brasileira de Medicina Legal e Perícias Médicas está no seu 4º ano de existência e …

Leia mais
Editorial

Carta do Presidente

Vol. 6, 2021

Caro (a) colega,

no primeiro dia do corrente ano, assumimos a Presidência da Associação Brasileira de Medicina Legal e Perícias Médicas …

Leia mais
Artigo de Revisão

ISOLAMENTO SOCIAL DECORRENTE DA PANDEMIA DA COVID-19 E SEUS IMPACTOS NA VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

Vol. 6, 2021

Em 2020, devido à pandemia da COVID-19, o isolamento social foi um agente potencializador das taxas relacionadas à violência doméstica e familiar contra a mulher, a julgar pelo aumento preocupante de alguns indicadores. Este artigo busca expor dados brasileiros acerca desta problemática, por meio de levantamento bibliográfico e documental.

Leia mais
Artigo de Revisão

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA DURANTE A PANDEMIA DO COVID-19

Vol. 6, 2021

A violência doméstica é a ação realizada por um integrante de uma família que esteja em relação de poder com outro, prejudicando sua integridade. O aumento de casos de violência se deve à mudança na dinâmica da família, como consequência do isolamento social. O objetivo deste artigo é analisar se a pandemia impactou no número de casos de violência doméstica por meio de uma revisão da literatura.

Leia mais
Artigo Original

TELEMEDICINA APLICADA NA PERÍCIA MÉDICA: ANÁLISE ÉTICO-LEGAL E TÉCNICA SOBRE A PRODUÇÃO DA PROVA PERICIAL DURANTE A PANDEMIA de SARS-CoV2/COVID-19

Vol. 6, 2021

O estudo visa analisar a viabilidade ética, legal e técnica da prova pericial por meio dos recursos da telemedicina enquanto perdurar a crise causada pela pandemia da Covid19. No que se refere aos métodos de abordagens utilizados para a elaboração do artigo, trata-se de um estudo retrospectivo sobre uso da telemedicina.

Leia mais
Artigo de Revisão

A PRESUNÇÃO DO NEXO CAUSAL ENTRE COVID-19 E ATIVIDADES DO SETOR DE SAÚDE NO BRASIL

Vol. 6, 2021

Com a pandemia da COVID-19, muitas dúvidas têm surgido a respeito do seu enquadramento como doença ocupacional no setor de saúde, sujeito a maior risco de contaminação.
O presente artigo buscou respostas através de pesquisa bibliográfica, não sistemática, a periódicos, normas legais e jurisprudência sobre o tema, constantes na plataforma Google, utilizando as palavravas-chave “COVID-19”, “nexo causal”, “doença ocupacional”, no período de 02/2020 a 02/2021.

Leia mais
Artigo de Revisão

VIOLÊNCIA INFANTIL DURANTE A PANDEMIA DA COVID-19 NO BRASIL

Vol. 6, 2021

O objetivo deste trabalho é analisar a violência infantil durante a crise do COVID-19 visto que o reconhecimento e uma adequada intervenção nesses núcleos familiares são de extrema importância.

Leia mais
Artigo de Revisão

RESPONSABILIDADE MÉDICA: O SENTIDO AMPLO DE SUA EXISTÊNCIA

Vol. 6, 2021

O médico deve agir de acordo com os princípios éticos e morais, e se responsabilizar pelas ações nas esferas criminal, civil e ética. Ele deve sempre atuar dentro dos padrões técnicos e éticos da profissão, mas não deve prometer resultados.

Leia mais
Editorial

Carta ao editor: 1º MODELO PADRONIZADO DE RESPOSTA A NOMEAÇÃO COMO PERITO JUDICIAL MÉDICO NA JUSTIÇA DO TRABALHO

Vol. 6, 2021

Os autores propõe a necessidade de se estabelecer protocolos documentares em perícia médica e indicam um modelo de carta de aceite de perícia judicial.

Leia mais
fotografia forense
Artigo Original

AVALIAÇÃO DA TÉCNICA FOTOGRÁFICA NAS AUTÓPSIAS FORENSES DO INSTITUTO MÉDICO LEGAL DE PORTO VELHO – RO, NO BRASIL

Vol. 6, 2021

Neste trabalho testamos a hipótese de que as fotografias atuais, apresentadas nos relatórios forenses do Instituto Médico Legal Dr. José Adelino da Silva, em Porto Velho. Concluímos que mais da metade das fotografias incorporadas (52,6%) eram inviáveis do ponto de vista técnico e, no que concerne esse critério, não deveriam ter sido utilizadas nos relatórios.

Leia mais